1 de setembro de 2021

Cultura Maker na Educação

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 1 de setembro de 2021.


Sabe aquela expressão “colocar a mão na massa” ou “faça você mesmo”? Então, de forma simplista podemos dizer que a cultura maker é sobre isso.

Mas afinal, o que é essa cultura?

A Cultura Maker é um movimento de incentivo à criação própria, usando a criatividade e seus próprios recursos já disponíveis para isso. Em outras palavras, significa colocar as mãos na massa para desenvolver ideias na prática. Essa cultura visa reacender o espírito do artesão.

Surgiu no final dos anos 1960, inspirada na cultura punk, que tinha por hábito quebrar as regras e estabelecer suas criações por meio de materiais próprios — tanto é que parte de suas divulgações era baseada em produções dos músicos.

Apesar dessa inspiração, o conceito passou a ser mais popular após o lançamento da revista Make, em 2005, e do evento Maker Faire, em 2006, que reuniu centenas de criadores. Com isso, mostrou uma nova maneira de produzir e empreender.

Mas esse movimento não ficou restrito ao mercado empreendedor. A educação também passou a ter a Cultura Maker como forte aliada.

Entender qual a importância da Cultura Maker, quais são os objetivos que ela apresenta e o que é a Educação Maker, são os temas deste artigo. Confira!

O que você vai encontrar nesse artigo?
  1. Quais são os objetivos da Cultura Maker?
  2. A importância da Cultura Maker.
  3. Educação Maker

Quais são os objetivos da Cultura Maker?

A Cultura Maker, que também pode ser chamada de cultura DIY do-it-yourself  (faça você mesmo), tem como principal objetivo induzir as pessoas a descobrirem novas possibilidades sobre determinada situação ou problema. Assim, a ideia é transmitir conhecimentos para que você mesmo resolva alguma situação ou crie algo.

Quando você precisa saber como fazer alguma coisa, você vai consultar o Google ou o YouTube, certo? Você busca tutoriais para criar soluções personalizadas e criativas voltadas ao cotidiano e à rotina de estudos ou profissional, procura se educar para inovar a partir disso? Se sim, saiba que você já faz parte de um processo da Cultura Maker.

Na Cultura Maker, qualquer pessoa é capaz de construir, consertar, criar, fabricar com os materiais que ela já dispõe, diferentes tipos de objetos e até projetos.

O escritor Chris Anderson, autor do livro “Makers: a nova revolução industrial” define a Cultura Maker de forma mais avançada, para ele, o movimento Maker tem capacidade de ser radical a tal ponto, que, daqui a alguns anos, qualquer pessoa com um pouco de conhecimento técnico e com as ferramentas certas vai conseguir produzir os seus próprios produtos.

Dale Dougherty, criador da revista MAKE, primeira publicação especializada do movimento, defende que a Cultura Maker tem como um dos seus principais objetivos provocar o potencial criativo das pessoas, fazendo com que elas raciocinem e ajam de maneira pouco convencional.

É o famoso “pensar fora da caixa”, algo bem importante no contexto em que vivemos atualmente.

A importância da Cultura Maker

A Cultura Maker permite com que as pessoas se desenvolvam intelectualmente, pratiquem seus conhecimentos e é aliada da educação, pois facilita e inova o processo de aprendizagem do estudante. Propagar o aprendizado pela prática é o papel da Cultura Maker e por isso é necessário considerar sua importância na sociedade.

Com a Cultura Maker, o indivíduo é incentivado a elaborar e testar soluções aos problemas que são apresentados. Isso confere protagonismo ao estudante ou profissional, uma vez que ele precisa conduzir seus próprios projetos sem receber ordens ou orientações específicas.

O protagonismo é uma habilidade valiosa e alinhada às expectativas do mercado de trabalho atual. Por consequência do reconhecimento de sua autonomia, as pessoas se sentem mais motivadas a vencer os desafios que elas vivenciam. Essa dinâmica de valorização e “mão na massa” se mantém como um motor que impulsiona cada vez mais para frente quem a adere.

Educação Maker

Ao unir Educação e Cultura Maker, o resultado é totalmente positivo pois torna o modelo tradicional de ensino menos teórico e mais participativo, além de ser mais estimulante para o estudante. 

O movimento Maker já faz parte de diversos setores da sociedade e um deles, talvez o principal, seja o educacional.

A Educação Maker nada mais é do que a aplicação dos conceitos do “faça você mesmo” em salas de aula. É o aprendizado junto com a prática no ambiente escolar.

Por meio de atividades práticas, os alunos desenvolvem a criatividade, a proatividade, além de outras habilidades importantes para o currículo escolar e formação do estudante.

Nesse sentido, o professor é o responsável por ser o instigador da busca pelo conhecimento para o aluno, uma vez que dialogar e testar possibilidades fazem parte de qualquer construção. A Cultura Maker na escola cabe desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

As atividades que as instituições de ensino podem oferecer como feiras de ciências, que muito aparece em desenhos e filmes americanos de temática jovem, são um exemplo de estímulo a atividades “makers”.

Dessa forma, os estudantes conseguem ter experiências mais próximas de suas realidades, essa dinâmica faz com que o aprendizado seja refletido em conhecimento para que eles possam, de fato, aplicar em suas vidas.

O que é importante destacar sobre a Educação Maker é que ela faz da escola um ambiente de experimentação, aprendizagem criativa e prática do conhecimento.

Optar pela Educação Maker é uma excelente forma de fazer com que os alunos aprendam a partir da construção de seus próprios projetos, tornando o ensino um processo prazeroso. São práticas que engajam os alunos, deixando-os mais interessados nos estudos, estimulando o aprender, exercitando a concentração, a atenção, desenvolvendo autonomia, memória e o pensamento.

Gostou do conteúdo? Então não perca tempo e compartilhe com os seus amigos!

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!