Inicio / Escolha Profissional Escolha Profissional 27 de outubro de 2020

Como se preparar para seguir carreira militar? Entenda aqui

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 16 de novembro de 2020.


Seguir carreira militar é o sonho de muitos jovens brasileiros. Além de a profissão ser admirada por várias pessoas, ela envolve questões de amor à pátria e, inclusive, de crescimento profissional e pessoal. No entanto, ser militar exige muita dedicação do candidato, pré-requisitos e entendimento das formas de ingresso na carreira.

Se você tem o interesse em seguir a profissão nas Forças Armadas do Brasil, fique atento ao preparo, pois mesmo no ensino médio e próximo de completar os seus 18 anos é possível iniciar os treinos das competências necessárias para ingressar na carreira. Afinal, a concorrência em busca de uma vaga também é grande.

Por isso, acompanhe neste texto os principais aspectos para seguir carreira militar. Boa leitura!

Conheça as Formas Armadas

Para seguir carreira militar é importante conhecer as organizações envolvidas. Há três de nível nacional: exército, marinha e aeronáutica; e duas de nível estadual: polícia militar e corpo de bombeiros militar. Todas têm o objetivo de zelar pela lei, ordem e soberania do Estado. Veja brevemente a atuação de cada uma:

Exército

A instituição é responsável por atuar nos meios terrestres e usa tanques, carros-fortes e conta com artilharia de guerra. Além disso, pode operar com helicópteros para transporte de militares e operações. 

Marinha

Atua em rios e mares do território brasileiro. A força conta com navios, submarinos e barcos para defender o litoral do país. Inclusive, pode zelar pelas comunidades ribeirinhas mais afastadas e facilitar o acesso a regiões da Amazônia.

Aeronáutica

Essa organização cuida da segurança do espaço aéreo do Brasil, por exemplo, controle de fluxo de aeronaves e proteção contra ataques e invasões no país.

Polícia militar

São os responsáveis por cuidar da integridade física e material dos cidadãos nos estados brasileiros. Devem manter a ordem nas ruas públicas e, se houver a necessidade, podem intervir com força.

Corpo de bombeiros

Eles atuam na segurança da vida de uma pessoa e podem fazer resgates em diversos tipos de acidentes, além de, claro, combater e prevenir incêndios.

Busque capacitação específica

Entre os meios de ingresso na carreira militar, estão as capacitações específicas em cada área. É comum em todas as organizações citadas precisar de profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos), assim como de profissionais de engenharia e de áreas administrativas (recursos humanos, direito, logística).

Você pode estudar algumas dessas áreas após o ingresso na carreira militar, o que possibilita concorrer a outros cargos dentro da organização ou até subidas de patentes.

Estude para as provas

Além do alistamento militar obrigatório para homens com 18 anos, há a possibilidade de tentar o ingresso até os 30 anos por meio dos concursos públicos. Nesse caso, cada instituição lança os editais com as exigências e necessidades para o preenchimento da vaga atual.

Em todas as organizações militares é exigida a prova escrita em caráter eliminatório e classificatório, bem como condicionamento físico e preparo psicológico.

Para os cargos com exigência de escolaridade mínima ensino médio, são necessários conhecimentos da grade curricular comum, além de noções em temas legislativos. Já para os cargos com nível superior, é cobrado conhecimento específico da área, além de língua portuguesa, matemática e lógica.

Prepare-se para os exames físicos e psicológicos

Quando aprovado na prova escrita, os próximos passos são o exame físico e o exame psicológico. O candidato deve ter um bom condicionamento, pois as provas exigem aptidão para corrida e flexões, já para bombeiros e marinha, inclui a natação no teste.

Contudo, é imprescindível também ter uma saúde mental bem avaliada, pois, em momentos de guerra e emergência, há bastante pressão e em algumas situações é necessário o uso de força. Por isso, o profissional precisa ter consciência de seus atos, do contrário, pode ser eliminado do processo.

Por fim, para seguir carreira militar, procure se qualificar constantemente para garantir uma trajetória com crescimento profissional. Além disso, mantenha sempre um bom condicionamento físico e preparo mental para manter a sua saúde em harmonia com a profissão.

Agora aproveite para assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de mais conteúdos de carreiras!

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!