Destaque 12 de julho de 2022

Abraço: a importância do afeto enquanto gesto

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 19 de julho de 2022.


Você sabia que, no dia 22 de maio, é celebrado o Dia do Abraço? Já ouviu falar sobre a história dessa data? Sem dúvidas, uma coisa que você já deve saber é que o poder de um abraço não cabe em palavras, não é mesmo?! Hoje preparamos este artigo para te contar mais sobre esse assunto, então, se você quiser aprender sobre o Dia do Abraço e a importância desse gesto, inicie a leitura e descubra tudo!

O que você vai encontrar neste artigo:

  • Dia do Abraço – a história da data
  • A importância e os benefícios do abraço

Dia do Abraço – a história da data

Nos Estados Unidos, no Canadá e na Índia, o Dia do Abraço é comemorado no dia 21 de janeiro. A data foi definida em 1986, pelo americano Kevin Zaborney. Ele escolheu esse dia por se tratar de uma época posterior aos feriados de fim de ano, mas anterior ao Dia dos Namorados. Kevin acreditava ser um período em que as pessoas estavam mais tristes.

No entanto, aqui no Brasil, a data é comemorada em 22 de maio. Isso porque foi nesse dia, em 2004, que o australiano Juan Mann criou a “Free Hugs Campaign, Campanha dos Abraços Grátis, em tradução literal.

Na época, Juan precisou se mudar de Londres para Sidney, sua cidade natal. Quando ele aterrissou, ninguém foi recebê-lo no aeroporto. Ele, então, decidiu escrever “Abraços grátis” em um pedaço de papelão e se dirigiu a um lugar movimentado.

As pessoas começaram a aceitar a oferta, e Mann ganhou fama, fazendo a ação uma vez por semana. Entretanto, foi só em 2006 que a campanha ficou conhecida em todo o mundo. Isso depois que a banda “Sick Puppies” fez um clipe mostrando Juan, ao som da música “All The Same”, e o vídeo acabou viralizando.

Vale lembrar que não precisamos de uma data para demonstrar afeto, podemos e devemos abraçar as pessoas que amamos sempre que ambas sentirem vontade.

A importância e os benefícios do abraço

“Precisamos de 4 abraços por dia para sobreviver. Precisamos de 8 abraços por dia para nos manter. Precisamos de 12 abraços por dia para crescer”. Essa frase famosa da psicoterapeuta norte-americana Virginia Satir resume o quanto os abraços são importantes no nosso dia a dia.

Quando damos um abraço e somos abraçados em troca, temos uma sensação de bem-estar e satisfação imediata, mas poucos sabem que, além desse sentimento de felicidade repentina, os abraços oferecem vários outros benefícios para a saúde física e mental.

Estudos revelam que os abraços podem reduzir os batimentos cardíacos, a pressão sanguínea e o risco de doenças cardíacas. Isso ocorre porque a pele possui uma rede de centros de pressão que fica em contato com o cérebro por meio de nervos conectados a vários órgãos, inclusive o coração.

Um abraço também consegue fortalecer o sistema imunológico. A leve pressão no esterno e a descarga emocional ativam o chakra do plexo solar, que, por sua vez, estimula a glândula timo. Essa glândula regula e equilibra a produção de glóbulos brancos, contribuindo para a manutenção de altos níveis de imunidade.

Os abraços ainda diminuem os níveis de cortisol, conhecido como o hormônio do estresse. Altos níveis desse hormônio podem prejudicar a saúde, por isso essa queda na produção é importante. Para finalizar, cabe ressaltar que os abraços são fortes antídotos contra o mal do século XXI, a depressão.

Depois de ler este artigo e compreender melhor todos os benefícios relacionados a esse gesto tão confortante, o que você está esperando para abraçar as pessoas que ama? Não se esqueça de compartilhar este texto com todos os seus amigos, hein?! Abraço é bom, e todo mundo deve saber, dar e receber!

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!