Inicio / Além da escola Além da escola 17 de março de 2022

16 de março: Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 16 de março de 2022.


Todos nós sentimos os impactos que as mudanças climáticas vêm causando na terra e, precisamos dizer, que também somos responsáveis por elas.

Tais mudanças são um dos principais desafios da nossa sociedade.

Os impactos que as mudanças climáticas implicam,  afetam desde a produção de alimentos até o aumento do nível do mar — aumentando o risco de inundações catastróficas, o que temos visto nos jornais com frequência — é um total desequilíbrio entre as sociedades e o meio ambiente, numa escola global, sem precedentes.

Isso também! Porque quase todas as atividades humanas resultam no lançamento de gases de efeito estufa. É urgente e vital que a sociedade, instituições e os governos se mobilizem para mitigar e frear os impactos negativos causado por todo o desequilíbrio ambiental.

Por isso a data do dia 16 de março vem se tornando cada vez importante e notória.  Neste dia, é celebrado o Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas, você sabia? A data visa refletir e conscientizar a população sobre a importância de realizar ações que possam diminuir o agravamento dos impactos das mudanças climáticas.

Essa data foi estabelecida pela lei nº12.533/2011 para viabilizar debates e mobilizações em torno de alternativas mais sustentáveis para as mais diversas áreas. Foi em 16 de março de 1998 que se abriu o processo de reconhecimento ao Protocolo de Kyoto, tratado internacional articulado para levar países desenvolvidos a reduzir suas emissões de gases do efeito estufa, especialmente CO2.

Quanto mais falarmos sobre essa pauta, mais avançaremos em direção às soluções que minimizem toda a degradação do ecossistema.

Se você entende o quão relevante esse assunto é, continue a leitura e descubra mais sobre.

Mudanças Climáticas

O aumento da emissão de gases de efeito estufa (GEEs), como o dióxido de carbono (CO2), é considerado a principal causa do aquecimento global e das mudanças no clima. Estudos do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, da Organização das Nações Unidas, a ONU), comprovaram que a ação humana tem intensificado e provocado essas mudanças, principalmente por conta da emissão em excesso de GEEs, seja por queima de combustíveis fósseis para geração de energia ou por desmatamento.

Com toda a degradação ambiental, a perda de biodiversidade e o desgaste dos recursos naturais no mundo, a emissão desses gases têm causado efeitos significativos na vida do planeta. Já foi possível constatar nos últimos anos a elevação do nível do mar, o derretimento de geleiras, a intensificação de tempestades, dos períodos chuvosos e de secas, entre outros fenômenos

De acordo com o CienTec – USP, no Brasil, a maior parte das emissões de GEEs na atmosfera é causada pelo desmatamento. Quando se desmata uma floresta, seja por corte ou queimadas, há liberação de uma grande quantidade de carbono na forma de CO₂ para a atmosfera. As florestas são grandes depósitos de carbono, inclusive o solo.

Por esta razão, manter as florestas de pé e recompor áreas desmatadas é um importante mecanismo de contribuição para a mitigação dos efeitos do aquecimento global na Terra, além de contribuir para a manutenção dos serviços ecossistêmicos — responsáveis por diversos benefícios que garantem as condições e processos para a vida e que, de maneira direta ou indireta, contribuem para a sobrevivência e o bem-estar humano, como regulação climática e hídrica, conservação da biodiversidade, fertilidade dos solos e ciclagem de nutrientes, polinização, belezas cênicas e outros.

Todos nós somos responsáveis e temos nosso papel pare reverter o cenário alarmante em que à terra se encontra. Além de se educar sobre o tema, ter ações conscientes, também é fundamental estar atento ao que os governos fazem no quesito ambiental. Acompanhar, cobrar, se posicionar, votar em candidatos que tenham propostas de projetos ambientais efetivos, mais do que um direito, no atual momento, é um dever.

O que posso fazer pelo planeta?

Imagine um mundo no qual todos estejam disponíveis a rever seus hábitos e assumirem posturas e mentalidades que respeitem e preservem o meio ambiente, imaginou? É possível. Comece por você. Não pense que não fará a diferença, sempre faz. Além disso, umas das melhores formas de educar, é ser o exemplo.

Para te ajudar, preparamos uma listinha do que você pode começar a fazer hoje mesmo pelo planeta.

  • Caminhar, andar de bicicleta ou usar transporte público, sempre que puder;
  • Diminuir a temperatura do seu refrigerador, máquina de lavar e aquecedor de água;
  • Trocar as lâmpadas amarelas pelas fluorescentes e/ou lâmpadas de LED;
  • Diminuir o consumo de carne;
  • Reutilizar tudo que puder, reciclar o que der para reciclar. Lembre-se: não existe jogar fora, tudo fica aqui nessa terra.
  • Investir no consumo consciente; como, por exemplo: brechós,
  • Usar aparelhos que tenham maior eficiência energética;
  • Consumir marcas que tenham uma responsabilidade ambiental comprovada;
  • Acompanhar e participar de pautas ambientais na política;
  • Executar e compartilhar todas essas ideias.

Se cada um fizer um pouquinho, nosso planeta só terá a agradecer!

Aproveita e envia esse texto para todos aqueles que reconhecem as mudanças climáticas e sabem que precisamos agir.

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!