Inicio / Rotina de Estudos Rotina de Estudos 22 de março de 2020

Escola nova? Saiba como aproveitar ao máximo essa experiência

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 17 de novembro de 2020.


Confira nossas dicas para tornar a sua transição para uma escola nova mais tranquila

Algumas vezes, é comum que mudanças tragam uma certa ansiedade. Apesar disso, a mudança é uma constante que se mostra necessária. Isso porque, quando se permanece acomodado, não é possível notar oportunidades de desenvolvimento. A mudança para uma escola nova pode ser um bom exemplo disso.

Se você está vivendo essa experiência agora, confira o artigo que preparamos com dicas que vão te ajudar a aproveitar ao máximo esse momento!

A MUDANÇA PARA UMA ESCOLA NOVA

A mudança para uma escola nova pode ser estressante. Dentre outras questões, ser um aluno novo em uma escola diferente implica em se adaptar a uma nova filosofia de ensino, uma nova rotina e a fazer novos amigos, o que pode ser muito difícil para algumas pessoas.

Apesar disso, a decisão pela mudança de escola pode fazer total diferença na vida acadêmica dos alunos, especialmente no caso daqueles que estão se preparando para o vestibular. Prova disso é que muitos jovens que mudaram para uma instituição com foco na aprovação dos grandes vestibulares regionais e histórico de sucesso tiveram um desempenho excelente nos concursos.

Se a escola é preparada, recebe e acolhe bem o aluno, não há o que temer. Basta manter o foco, se dedicar e esperar a aprovação nos vestibulares e no ENEM, mas, se você quer aproveitar ainda mais a mudança para uma nova escola, fique atento às nossas dicas:

1. Abrace a mudança 

O primeiro passo para ter sucesso em tudo que se faz é este: estar disposto a fazer o melhor. 

Algumas vezes, principalmente se a decisão de mudar de escola não contou com sua absoluta aprovação, pode ser fácil desenvolver uma resistência, mas é importante que você mantenha em mente que não há nenhum problema em trocar de escola.

Muito pelo contrário, essa mudança será o início de novas descobertas tanto externas quanto internas. Você terá novas experiências, como conhecer interesses dos novos colegas, que poderão te mostrar até mesmo opções de cursos universitários desconhecidos por você. Esse poderá ser um momento muito importante, principalmente se você está em dúvida sobre qual universidade cursar. 

Além disso, se tratando de uma escola preparada, com orientação e atendimento individualizado ao aluno, a instituição poderá te ajudar a descobrir habilidades desconhecidas e até mesmo desenvolver seus pontos fortes que, pelo comodismo, estavam adormecidos. 

2. Confie em sua escola nova

A timidez pode se fazer presente no início, mas, ainda assim, é preciso confiar em sua escola nova e conversar com os profissionais que lá trabalham. A instituição pode conhecer seus objetivos macro, talvez até seus sonhos, como estudar fora do país ou ser aprovado em algum concurso militar ou em alguma universidade pública, mas também é necessário que ela conheça suas necessidades rotineiras. O que isso quer dizer? Alinhe expectativas com toda a equipe da escola, principalmente aquelas que vão te atender diariamente.

De acordo com a psicóloga Ana Coquito, um meio pelo qual as escolas podem facilitar esse processo é criando ações de acolhimento para os novos alunos.

Ana, que é supervisora de psicologia do Colégio e Curso Pensi, afirma ainda que promover um dia do tipo “conhecendo a escola” é uma opção muito válida, assim o aluno já chega no primeiro dia de aula sabendo onde ficam as salas, os banheiros e a coordenação, por exemplo.

Todos esses apontamentos feitos pela psicóloga geraram casos de sucesso na instituição em que trabalha. Que tal verificar se a sua nova escola oferece algum desses recursos? 

3. Explore tudo o que a escola tem a oferecer

Se você deixar claro quais são seus interesses para a escola, poderá garantir que está não só dando a oportunidade para o colégio te oferecer todos os recursos que pode, mas também absorvendo e aproveitando todas as facilidades e ferramentas que estão ao seu dispor. Comece conversando com seus professores sobre as disciplinas e seus planos futuros relacionados à educação!

Peça ajuda aos coordenadores para montar um cronograma de estudos com base nos seus objetivos, faça uso contínuo de monitorias e espaços apropriados oferecidos pela escola, como bibliotecas ou salas de estudo. Se a instituição também disponibiliza simulados, não deixe de realizá-los! Você pode, inclusive, verificar se a sua escola nova oferece algum tipo de simulação que mostre sua colocação no SiSU com base nos seus resultados.

Lembre-se de que tudo se torna mais simples quando a escola entende o que você precisa. Só assim ela pode te oferecer os melhores planos de ação.

4. Faça amigos

Fazer novos amigos pode ser a grande dificuldade na hora de mudar para uma escola nova, apesar disso, é muito importante que você crie vínculos no novo colégio. Isso porque é lá que você passará grande parte do seu dia. Ter alguém com quem contar, trocar conhecimentos em grupos de estudos e experiências vividas será muito importante para a sua adaptação. Para além da pressão social de estar incluído em um grupo na adolescência, fazer amigos é fundamental na fase em que você está. Reforçando esse ponto, um estudo publicado pela revista Child Development, afirmou que fazer amizades de qualidade na adolescência impacta diretamente na vida adulta.

Por isso, saiba reconhecer aqueles que despertam seu interesse e pareçam agregar não só à sua rotina escolar, mas também à sua vida como um todo, e se aproxime deles. Um gosto musical em comum e aptidão para certas disciplinas são meios que te ajudarão nessa aproximação, mas não se prenda às semelhanças e saia da sua zona de conforto, se permitindo conhecer outros que pensam diferente de você e res8peitando essas diferenças. Mas lembre-se sempre: qualidade é muito mais importante do que quantidade. Garanta que seus amigos te fazem se sentir bem, não importa quantos eles sejam.

Esses pequenos passos farão uma grande diferença e facilitarão a sua transição para uma escola nova. Como você pôde ver, essa mudança não precisa ser trabalhosa ou estressante. Gostou do conteúdo? Então compartilhe este artigo para ajudar seus amigos que também podem estar passando pela mesma mudança e os ajude a passar por tudo sem trauma.

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!