10 de junho de 2022

Como identificar e combater fake news?

rbarbosa
rbarbosa

Publicado em . | Atualizado em 10 de junho de 2022.


Provavelmente, você já ouviu falar no termo “fake news ou até mesmo já reproduziu, pois, nos últimos anos, essa expressão ganhou as páginas dos jornais e da internet. No entanto, nem todos sabem ao certo o que significa “fake news” e como reconhecê-las e combatê-las.

O termo vem do inglês fake (falsa/falso) e news (notícias). Dessa forma, em português, a palavra significa “notícias falsas”. Apesar de ter se destacado recentemente, a expressão é antiga, do final do século XIX.

Fake news são as informações falsas que viralizam, como se fossem verdade, entre a população. Atualmente, estão, em sua maioria, relacionadas às redes sociais, ambiente em que se propaga mais fake news.

Um dos objetivos das fake news é criar uma polêmica em torno de uma situação ou pessoa, contribuindo para a difamação de sua imagem. Por ter um teor extremamente dramático, apelativo e polêmico, as fake news costumam atrair muita atenção das massas, principalmente quando estão desprovidas de senso crítico.

Assim, os conteúdos falsos podem agir como uma força ilegal contra algo. No âmbito político, por exemplo, as notícias falsas são usadas com o intuito de “manchar” a reputação de determinado candidato, fazendo com que perca potenciais eleitores.

Esse tema é um assunto importante e de interesse coletivo, a responsabilidade no uso da informação, principalmente no ambiente digital, é de todos. Se você quer aprender mais sobre o assunto, continue a leitura.

O que você vai encontrar neste artigo: 

Como identificar e combater fake news?

Como identificar e combater fake news?

Pode parecer difícil identificar as fake news, porém existem dicas e ferramentas que são muito úteis e facilitam esse processo de identificação e combate a fake news. Confira quais são:

  • Avalie a fonte, o site, o autor do conteúdo: muitos sites publicadores de fake news têm nomes parecidos com endereços de sites de notícias. Portanto, avalie o endereço e verifique se o site é confiável. Leia outros conteúdos do site para entender se também são duvidosos.
  • Avalie a estrutura do texto: sites que divulgam fake news costumam apresentar erros de português, de formatação, letras em caixa alta e uso exagerado de pontuação.
  • Confira a data de publicação da notícia: pode ser que a informação seja verdadeira, mas está sendo usada fora do seu contexto original. Por isso, antes de compartilhar uma notícia, por exemplo, é importante verificar a data em que foi publicada.
  • Leia mais do que só o título e o subtítulo: leia a notícia até o fim. Muitas vezes, o título e o subtítulo não condizem com o texto.
  • Pesquise em outros sites de conteúdo: duvide se você receber uma notícia bombástica que não esteja em outros sites de notícia, nos principais jornais.
  • Veja se não se trata de site de piadas: alguns sites de humor usam ironia e fake newspara chamar a atenção e gerar mais cliques.
  • Não caia em falsa conexão: quando as imagens, título ou manchete não condizem com o restante do conteúdo da notícia. Esse tipo defake news é feito devido a uma má política de jornalismo ou visando o lucro de determinado site.
  • Só compartilhe após checar se a informação é correta: não compartilhe conteúdo por impulso. Você é responsável pelo que você compartilha.

Além dessas dicas, com o impacto crescente e prejudicial das fake news no cotidiano, algumas plataformas surgiram com o intuito de verificar a veracidade das informações. Também conhecidas como “fact-checking”, analisam as notícias mais compartilhadas e verificam se os dados condizem com a realidade. Descubra quais são:

Você já estava por dentro dessas dicas? Não deixe de compartilhar este artigo com os seus amigos para que eles também não caiam mais em fake news!

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!