Inicio / ENEM & Vestibular ENEM & Vestibular 2 de dezembro de 2020

Inglês ou espanhol no ENEM: qual escolher?

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 19 de novembro de 2020.


As línguas estrangeiras, inglês ou espanhol no Enem, são de grande importância em todos os anos do exame. Independentemente de qual curso o candidato escolher, geralmente as notas dessa área da prova têm bastante peso. Afinal, as cinco questões de inglês ou espanhol representam 11% do total da nota do Enem.

Nesse sentido, o estudante não deve ignorar os estudos das línguas estrangeiras e deve se preparar adequadamente para o idioma escolhido, pois cada prova tem as suas facilidades e as suas pegadinhas. E só quem estudou será capaz de identificar as particularidades de cada uma.

Por isso, acompanhe o texto a seguir e confira as dicas para te ajudar a escolher o idioma para a prova do Enem. Boa leitura!

Como é a prova de inglês ou espanhol no Enem?

As questões das línguas estrangeiras seguem a mesma estrutura da prova de português. Nesse sentido, elas podem usar de vários tipos textuais, como trechos de músicas, notícias, charges, poemas, entre outros. Por isso, o conhecimento em vocabulário é imprescindível.

Os temas abordados nesses trechos, geralmente, são relacionados à atualidade. Sendo assim, exigem mais interpretação de texto do que conhecimento das normas gramaticais. Inclusive, os enunciados e as alternativas estão em português. Por isso, às vezes, ler primeiro a questão pode ajudar no entendimento do texto.

O que levar em consideração antes de escolher o idioma?

A escolha do idioma acontece no ato da inscrição para o Enem. Dessa maneira, o estudante precisa conhecer a estrutura da prova e considerar outros fatores para facilitar a seleção da língua. Veja!

Avalie o seu conhecimento

Faça uma autoavaliação do seu nível de conhecimento muito antes de se inscrever para o exame, quando ainda há tempo para estudar até o dia da prova. Isso facilitará a sua escolha e influenciará o seu cronograma de estudos.

Escolha de acordo com a sua facilidade

Se o candidato tem um amplo conhecimento nas duas línguas, basta escolher qual tem mais facilidade. Porém, o real problema surge quando o estudante tem um entendimento superficial tanto do inglês como do espanhol. Consequentemente, isso pode gerar alguns enganos no exame e comprometer a nota.

A maioria dos alunos nessa situação escolhe o espanhol devido à proximidade com o português, mas pode ser uma emboscada para os falsos cognatos — que também acontecem no inglês, porém em menor proporção. Esse é o nome dado às palavras semelhantes, mas com significados diferentes. Se esse for o seu caso, escolha o idioma que julgar mais fácil de você aprender.

Considere o conhecimento básico do inglês

Apesar de ser menos escolhida pelos candidatos com conhecimento superficial nos idiomas, a língua inglesa pode ser uma boa alternativa, pois ela já integra a grade curricular dos ensinos fundamental e médio. Além disso, ela é mais presente na rotina do brasileiro, se comparada com o espanhol, devido às músicas e séries, por exemplo.

De modo geral, os estudos para inglês ou espanhol no Enem não podem ser ignorados, independentemente do seu nível de conhecimento. Afinal, isso conta para resolver as questões em menos tempo, sem perder a qualidade. Vale resolver os simulados, usar jogos em aplicativos, por exemplo, para manter o idioma na cabeça e ampliar o seu vocabulário.

Então, você gostou deste artigo? Assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos sobre preparação para o Enem e outros vestibulares.

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!