Destaque 8 de fevereiro de 2022

Mamografia: O exame que pode salvar vidas

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 7 de fevereiro de 2022.


Você sabia que o dia 05/02 é o Dia Nacional da Mamografia? E o que é exatamente uma mamografia, como fazer? Se você não sabe essas respostas, continue a leitura e descubra.

É importante demais aprender sobre esse tema, pode fazer a diferença para a sua saúde e de outras pessoas do seu ciclo social e familiar, principalmente as mulheres.

O que você vai encontrar neste artigo:

  • O que é o exame de mamografia?
  • Tipos de mamografia e como fazer?
  • 5 de Fevereiro – Dia Nacional da Mamografia

O que é o exame de mamografia?

Mamografia é um exame, no qual é realizada uma radiografia do tecido mamário, feita por um equipamento de raio X chamado mamógrafo, capaz de identificar lesões nos estágios iniciais.

Quanto mais cedo o tumor for identificado, maiores as chances de cura. Para câncer de mama, os casos identificados no início trazem um índice de cura que pode chegar a 98%.

A mamografia, como forma de rastreamento do câncer, é indicada para mulheres acima dos 40 anos, anualmente, como recomendação da instituição A.C.Camargo Câncer Center e da Sociedade Brasileira de Mastologia. O Ministério da Saúde recomenda a cada dois anos entre os 50 e 69 anos.

Abaixo dos 40 anos, a mamografia pode ser indicada para mulheres com suspeita de síndromes hereditárias ou para complementar o diagnóstico, em caso de nódulos palpáveis e se o médico determinar esta necessidade. Ou seja, se você tem histórico familiar, é importante investigar quanto antes possível. Em caso de mamas muito densas, o médico poderá solicitar exames complementares, como o ultrassom.

No exame de mamografia, a compressão da mama é necessária para que o tecido da glândula mamária seja adequadamente espalhado e eventuais nódulos e microcalcificações revelem-se e o exame seja efetivo.

Por isso, o eventual desconforto sentido pelas mulheres na hora de realizar o exame, mas vale ressaltar que esse desconforto é totalmente suportável, e não deve ser, em hipótese alguma, uma barreira para a não realização do exame.

Tipos de mamografia e como fazer?

Existem dois tipos de mamografia: Digital e por Rastreamento.

1) Mamografia Digital: Com o avanço da tecnologia surgiu a mamografia digital (computadorizada). Esse exame se assemelha ao convencional por usar raios-X na produção das imagens, porém o sistema converte a imagem numa foto digital que pode ser vista no monitor do computador. Com essa tecnologia nova, os exames tornaram-se mais rápidos e beneficiam tanto as pacientes, quanto os radiologistas que têm a possibilidade de manusear a imagem no computador.

2) Mamografia por Rastreamento: A mamografia pode ser de rastreamento, realizada para detectar precocemente qualquer lesão mamária, antes mesmo que a paciente ou o médico possam notá-las, ou pode ser de diagnóstico, usada para determinar qualquer alteração em relação a exames de rotina ou de rastreamento, anteriores. Quando é apenas um exame de rastreamento são obtidas imagens de cada mama em dois ângulos diferentes, já quando é uma mamografia diagnóstica ela pode incluir a obtenção de imagens adicionais ou ainda vir acompanhada de outros exames complementares.

Como fazer?

Como fazer?

O exame, como qualquer outro, é realizado tanto pela rede de saúde pública quanto pela privada. Contudo, o Sistema Único de Saúde (SUS) garante a toda brasileira o acesso gratuito à mamografia. Para isso, é preciso que o exame seja solicitado num posto de saúde ou hospital, por um profissional médico, um ginecologista ou um mastologista.

Já realizou alguma mamografia? E mesmo que você pense ter uma idade que não há necessidade de realizar este exame ainda, procure saber e, sobretudo, incentivar que as mulheres mais velhas que você, façam o exame.

5 de Fevereiro – Dia Nacional da Mamografia

No dia 5 de fevereiro, é o Dia Nacional da Mamografia. Instituído em 2013, a partir do Projeto de Lei da Senadora Maria do Rosário (PT-RS).

A data foi criada para sensibilizar as mulheres para a importância de realizar o exame para a detecção precoce do câncer de mama. A doença é a principal causa mundial de morte na população feminina. Cerca de 1,4 milhão de casos novos dessa neoplasia são esperados anualmente em todo o mundo, o que representa 23% de todos os tipos de câncer.

O que achou do artigo? Tema muito relevante! Que tal enviar esse artigo para todas as mulheres que você conhece? Informação, educação e prevenção, podem salvar vidas.

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!