Inicio / Além da escola Além da escola 24 de fevereiro de 2022

Os Melhores Livros de 2021 Eleitos Pelo New York Times

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 24 de fevereiro de 2022.


Os melhores livros de 2021 de acordo com o The New York Times! Essa lista é imperdível. Continue a leitura e descubra quais são os livros que você precisa conhecer. 

Antes de compartilharmos os títulos e autores dos 10 livros eleitos pelo NYT, podemos dar um spoiler de que 8 são de mulheres! As histórias são plurais e todas interessantíssimas. Ainda não sabemos quais serão – e se serão publicados aqui no Brasil, mas você pode adquirir em inglês mesmo e começar a praticar um novo idioma.

1. The Copenhagen Trilogy, Tove Ditlevsen

Tove Ditlevsen é hoje celebrada como uma das vozes mais importantes da literatura dinamarquesa do século XX, e The Copenhagen Trilogy (1969 – 71) é sua obra-prima reconhecida mundialmente.

A parte chamada “childhood” conta a história da determinação obstinada de uma criança desajustada em se tornar uma poetisa; a personagem “Youth” descreve suas primeiras experiências afetivas, de trabalho e independência.

“Dependecy” retoma a história enquanto a narradora embarca no primeiro de seus quatro casamentos e passa a descrever sua horrível dependência química, possibilitada pelo seu sinistro marido-médico brilhante.

2. On Juneteenth, Annete Gordon-Reed

Explorando as complexidades raciais e sociais do Texa, seu estado natal, Gordon-Reed pede aos leitores que se afastem dos atuais debates acalorados e dêem uma olhada mais matizada na história e nas surpresas que ela pode oferecer.

Essa perspectiva é fácil para ela, porque ela faz parte da história, foi a primeira criança negra a integrar sua escola no Leste do Texas. Em várias ocasiões, ela se viu rejeitadas por brancos e negros, aprendendo desde cedo que quebrar a linha da cor pode ser uma ameaça para ambas as raças.

3. Red Comet, Sylvia Plath

Uma biografia sobre Sylvia Plath meticulosamente pesquisada e escrita, com mais de 1000 páginas.

Determinada a resgatar a poetisa da caricatura póstuma como uma louca condenada “e reposicioná-la como uma das escritoras americanas mais importantes do século XX”, Heather Clark, uma professora de poesia na Inglaterra, faz um relato transportador de um raro talento literário e o ambiente familiar e intelectual que tanto a frustrou quanto a encorajou, animado por toda parte por citações de cartas, diários, poesia e prosa de Plath. 

4. How Beautiful We Were, Imbolo Mbue

Situado na fiction vila africana de Kosawa, “How Beautiful We Were” conta a história de um povo que vive com medo em meio à degradação ambiental causada por uma empresa de petróleo americana.

Promessas de limpeza e reparações financeiras são feitas aos moradores — e ignoradas. O governo do país, liderado por um ditador assumido, existe para servir aos seus próprios interesses. Com poucas opções, o povo de Kosawa decide revidar. Sua luta durará décadas e terá um preço alto.

5. The Love Songs Of W.E.B Du Bois, Honoree Fandwne Jeffers

Ailey é criada no norte da cidade, mas passa os verões na pequena cidade de Chicasseta, na Geórgia, onde a família de sua mãe vive desde que seus ancestrais chegaram da África.

Para chegar a um acordo com sua própria identidade, Ailey embarca numa jornada pelo passado de sua família, descobrindo os contos chocantes de gerações de ancestrais — indígenas, negros e brancos — no sul profundo.

Ao fazer isso, Ailey deve aprender a abraçar sua herança completa, um legado de opressão e resistência, escravidão e independência, crueldade e resiliência que é a história e a canção da própria América.

6. Invisible Child, Andrea Elliot

“Invisible Child” segue oito anos drámaticos na vida de uma garota chamada Dasani, batizada em homenagem à água engarrafada que sinalizou a gentrificação do Brooklyn e as aspirações compartilhadas de uma cidade dividida.

À medida que Dasani atinge a maioridade, a crise dos sem-teto na cidade de Nova York, explodiu em meio ao abismo cada vez mais profundo entre ricos e pobres.

Uma história surpreendente sobre o poder da resiliência, a importância da família e o custo da desigualdade social.

7. No One Is Talking About This, Patricia Lockwood

Fragmentário e onisciente, incisivo e sincero, “No One Is Talking About This” é ao mesmo tempo, uma carta de amor e uma meditação profunda e moderna sobre o amor, a linguagem e a conexão humana.

Aparentemente a primeira parte do livro é contada em forma de tuítes, com muitos memes, ironia, humor e referências ao mundo da internet.

E a segunda parte é uma história profundamente emocional sobre luto e amor, ao mesmo tempo que levanta questões sobre a vida online.

8. Intimacies, Katie Kitamura

Esse livro figurou na última lista do ex-presidente dos EUA — Barack Obama. É a história de uma mulher, uma tradutora judicial, que se muda para Nova York.

Ela se envolve com Adriaan, que está em um processo de separação. E se vê envolvida em uma polêmica politica quando é convidada a traduzir documentos para um ex-presidente acusado de crimes de guerra.

9. When We Cease To Understand The World, Benjamin Labatut

“When We Cease To Understand The World”, tem um ritmo muito interessante e uma riqueza de detalhes sobre a vida de cientistas e matematicos que expandiram nossas noções do possivel. Fritz Haber, Alexander Grothendieck, Werner Heisenberg,  Erwin Schrödinger — são alguns dos personagens que Labatut aborda neste livro, que além de figurar nessa lista do NYT, também foi indicado ao Booker Prizer.

10. How The World Is Passed, Clint Smith

Smith visitou locais importantes para história da escravidão e seu legado atual, incluindo Monticello de Thomas Jefferson; Angola, a Penitenciaria do Estado de Louisiana e um Cemiterio Confederado.

Entrevistas intercaladas com os turistas, guias, ativistas e historiadores locais que encontra ao longo do caminho com leituras atentas de estudos e reflexões pessoais pungentes, Smith mostra um espelho para o seu relacionamento tenso da América com seu passado.

Você já ouviu falar de algum deles? Se interessou por quais? Envia esse artigo para quem vai adorar conhecer essa lista.

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!