Inicio / Rotina de Estudos Rotina de Estudos 16 de dezembro de 2020

“Não estudei o suficiente durante o ano, e agora?” Aplique o Princípio de Pareto!

Debora Matos
Debora Matos

Graduada em Engenharia Civil pela Universidade Federal de São João del-Rei.Publicado em . | Atualizado em 16 de dezembro de 2020.


Atire a primeira pedra quem nunca pensou “Ai, meu Deus! Eu não estudei o suficiente durante o ano, e agora? Acho que o tempo que me resta não é o suficiente para me preparar!”. Parece que quanto mais próximos estamos da data do ENEM e de outros vestibulares, mais esse pensamento insiste em nos perseguir, não é mesmo?

Contudo, será que existe alguma forma de salvar o ano letivo com o pouco tempo que temos? Bom, tem uma pessoa do início do século XX que promete nos ajudar com essa questão: Pareto. Pareto foi um italiano que reparou que 80% das terras da Itália eram propriedade somente de 20% das pessoas. Logo após, ele começou a observar que, no quintal dele, 80% das ervilhas eram dadas por 20% das plantas. Por fim, Pareto reparou que essa lei se aplicava em várias frentes da sua vida – da ciência até a sua vida pessoal.

Com isso, criou-se o Princípio de Pareto, também conhecido como Lei 80-20, que diz que, em regra geral, 80% do resultado vem de 20% do esforço. Se você pensar bem, isso acontece frequentemente na sua vida, por exemplo: você provavelmente usa aproximadamente 20% das suas roupas em 80% do tempo. Em qualquer idioma, 20% das palavras são usadas aproximadamente 80% do tempo. Por último, 20% dos cômodos da sua casa são usados 80% do tempo.

Enfim, o que Pareto quis mostrar é o seguinte: de maneira geral, uma pequena parcela do seu esforço (não precisa ser exatamente igual a 20%) ou do que você usa representa 80% do seu resultado. Entretanto, como isso pode nos ajudar na reta final dos estudos? O segredo é aprender a priorizar as ações (20%) que proporcionem maiores resultados (80%).

Aqui vão algumas dicas para isso acontecer:

1- Conheça o edital e as estatísticas

O exemplo clássico disso são os editais dos vestibulares: na maior parte das vezes, quando os analisamos, nos sentimos apavorados pela grande quantidade de conteúdo solicitado. Todavia, quando analisamos provas antigas ou estatísticas, percebemos que uma pequena parcela do edital é responsável pela maior parte do conteúdo da prova.

No Enem, apenas 5 assuntos da prova de física (usinas, instalações residenciais, ondas, calorimetria, hidrostática e óptica) são responsáveis por aproximadamente 66% da prova. Contudo, quando analisamos a matriz de referência da prova, esses assuntos representam bem menos que 20% do conteúdo solicitado.

Agora reflita: vocês estão focando em quais matérias/temas? Essa escolha tem a ver com o que normalmente mais cai no vestibular ou é apenas porque é o tema que você mais gosta? Na reta final, o primeiro passo é analisar as estatísticas das matérias que mais caem em cada disciplina e focar nelas caso não se sinta tranquilo em algum dos tópicos.

Além disso, lembrem-se de que alguns cursos dão um peso maior para algumas disciplinas. Normalmente os cursos de engenharia dão maior peso para a matemática, por exemplo.

2- Identifique o método de estudo mais eficiente para você

Outro exemplo prático de aplicação do Princípio de Pareto é em seus estudos. Identifique o que aumenta a sua eficiência – os 20 por cento mais relevantes das suas ações -, dando prioridade a essas tarefas.

Você pode estar pensando: já estou com pouco tempo, vou precisar parar para rever minhas prioridades? Eu irei responder com uma frase que eu gosto bastante: “O improviso é o caminho mais curto para o erro.”. Esse pequeno tempo gasto para se organizar traz grandes mudanças no resultado final.

Durante a realização de redações, você gasta horas pensando na melhor frase para começar a escrever? Se sim, provavelmente você não está sendo o mais produtivo possível. Que tal reservar os minutos iniciais para criar um brainstorm – chuva de ideias –, no qual você confecciona um rascunho com os principais pontos levantados?

3- Seja sincero com você mesmo

Você já acordou com várias tarefas para realizar em um dia, mas, ao anoitecer, percebeu que, na verdade, tinha se focado em outras atividades? Seja sincero com você mesmo: isso que estou fazendo é realmente importante? O que estou fazendo está realmente me dando os resultados merecedores dos meus esforços ou estou apenas me enganando? Faça essas perguntas durante a sua rotina de estudos!

Além dessas dicas, o Princípio 80-20 nos traz um alívio para a reta final: se você sente que não se preparou o suficiente durante o ano, focando nos 20% mais impactantes do seu vestibular, você ainda pode salvar cerca de 80% da sua prova! Lembrando que, a partir de agora, você precisa ter foco! Então, vamos começar?

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!