Inicio / ENEM & Vestibular ENEM & Vestibular 11 de novembro de 2020

Simulado para o Enem: qual a importância de fazer simulados com frequência?

Redação Estudo em Dia
Redação Estudo em Dia

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos focados em alunos que buscam uma melhor rotina de estudos e preparação para o vestibular!Publicado em . | Atualizado em 16 de novembro de 2020.


Existem várias maneiras de estudar para um exame importante que garante uma vaga na universidade. Entre esses métodos, há o simulado para o Enem, um meio bastante eficiente de garantir melhores pontuações na prova, já que, por meio do método, os estudantes podem se familiarizar com a maneira como a prova é aplicada no dia oficial.

Devido à grande quantidade de matérias e conteúdos abordados nas provas, o candidato precisa apostar em técnicas de estudo com mais qualidade e garantia de aprendizagem. Não adianta muito estudar vários livros, assistir a videoaulas e cursinhos preparatórios, mas não investir nos simulados.

Por isso, acompanhe nesta leitura a importância do simulado para o Enem e quando aplicar o método na sua rotina de estudos.

Feedback do seu desempenho

Como citamos, o simulado para o Enem é um dos métodos mais eficientes de estudo e indicados pelos candidatos com pontuações altas. O motivo é simples, é a melhor maneira de entender como funciona a prova e saber o seu nível de conhecimento. Por meio do simulado, você identifica os seus pontos fortes e os fracos que precisam de mais atenção.

Dessa forma, você consegue traçar um cronograma de estudos com qualidade e identificar os conteúdos que precisam de revisões, além de manter a matéria sempre ativa na cabeça. Contudo, mesmo gabaritando as questões de português, por exemplo, não deixe de estudar a disciplina, a fim de garantir o preparo. Mas foque nos conteúdos em que o seu desempenho é menor.

Gerenciamento de tempo

O tempo conta muito durante o dia do exame. Por isso, o estudante não pode perder minutos na mesma questão. Além disso, é preciso de tempo para passar as respostas para o gabarito com tranquilidade.

Quando o candidato faz os simulados em casa, ele aprende a ter noção desses minutos e de quanto tempo ele demora, normalmente, para resolver uma questão de exatas ou humanas. Geralmente, o estudante tem 3 minutos para cada questão, contando a leitura do enunciado mais a resolução.

Nesse sentido, o simulado ajuda no treino para concluir a prova dentro do tempo e para criar um roteiro de quais questões responder primeiro.

Aprimoramento de aprendizagem

Colocar alguma atividade em prática aumenta a retenção do conteúdo, mais do que fazer apenas uma leitura ou assistir aos vídeos. Por isso, responder às questões do simulado fará o estudante aprimorar o processo da sua aprendizagem. Além disso, como citamos, o estudante consegue perceber onde precisa melhorar nos estudos.

Controle emocional e preparo físico

As provas do Enem geralmente demandam bastante preparo físico e emocional do candidato devido à ansiedade e à pressão envolvidas. Quando o estudante já está familiarizado com o sistema da prova, ele já tem uma ideia de como resolver as questões e do tempo para se dedicar em cada uma. Com isso, o aluno vai se sentir mais seguro e tranquilo.

Consequentemente, isso vai refletir no preparo físico e concentração do candidato para ter as melhores pontuações.

Nesse sentido, o simulado para o Enem é uma estratégia que você deve aderir aos seus estudos. O ideal é fazer uma prova por semana, inclua a redação e a passagem de respostas para o gabarito também, e não se esqueça do relógio para cronometrar a durabilidade do exame. O quanto antes os simulados forem incluídos na sua rotina, melhor será para o seu preparo.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude mais amigos sobre a importância do simulado para o Enem!

Call To Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe uma resposta

Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se já e não perca nenhuma dica!